Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro

 

Prefeitura promove ação social no Complexo do Alemão

19/05/2017 12:18:00  » Autor: Fotos: Wanderson da Costa Cruz


A Prefeitura do Rio realizou, nesta sexta-feira (19/05), ação social na Vila Olímpica do Complexo do Alemão. A iniciativa está em consonância com o programa de ações preventivas que busca reduzir os índices de criminalidade, anunciado pelo prefeito Marcelo Crivella, no dia 08 de maio, em reunião geral do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM).

 

 

 

- Fizemos um encontro com as pessoas no Alemão e verificamos com eles os programas sociais que mais deram resultado. Foram eles que elegeram esses programas sociais que estamos implementando agora. Nossa ideia é que a violência precisa reduzir. Nossa parceria com eles é essa. Vamos voltar a fazer os programas sociais, educacionais, culturais, físicos, investindo ali o máximo que a prefeitura pode fazer neste momento de crise. É um compromisso com toda a comunidade de lutarmos juntos para diminuir o alto índice de criminalidade. Essa questão das balas perdidas não é só uma coisa de polícia não. O que o Pronasci prega é exatamente isso. Um programa nacional de segurança com cidadania. Vamos levar cidadania para diminuir a violência e tenho certeza de que a comunidade vai nos ajudar nisso - disse Crivella, durante o Dia D de biópsias de pele, no Hospital Gafrée e Guinle.

 

 

 

Coordenada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), a ação social hoje ofereceu, entre os serviços, a atualização do Cadastro Único (CAD Único), possibilitando o acesso dos moradores aos benefícios do Governo Federal; o registro de identificação civil, em parceria com o Detran; e a disponibilização do Projeto Qualimóvel, que oferece ônibus adaptado com equipamentos para a realização de exames oftalmológico e odontológico.

 

 

 

- O objetivo é levar os serviços públicos ao cidadão, para que não continue refém da violência e tenha seus direitos garantidos. Além dos serviços da assistência social, encaminharemos os moradores a outras unidades da prefeitura, caso necessitem. O poder público tem que se fazer presente nas comunidades, para que estas regiões sejam de fato retomadas. Só a ocupação policial não resolverá. Além da segurança, o povo mais humilde precisa de oportunidades para melhorar a vida. Educação que motive os alunos a permanecerem na escola, atenção com a saúde, geração de empregos, tudo isso se insere na filosofia de trabalho do prefeito Marcelo Crivella. Cuidar das pessoas tem sido o nosso compromisso - explicou a secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Teresa Bergher.

 

 

 

Durante o evento, foram ofertados exames oftalmológico (com doação de 200 óculos) e odontológico (haverá aplicação de flúor e distribuição de kit higiene), Massoterapia; e mostra de vídeo sobre a campanha de combate à violação dos direitos da criança e do adolescente (trabalho infantil e prostituição infantil).

 

 

Nivaldo Soares, 59 anos, morador de Bonsucesso, chegou cedo à Vila Olímpica para fazer exame de vista. Escolheu a armação vermelha e preta, pois é flamenguista, e já na semana que vem estará com os óculos novos.

 

 

Geneci Barreto, de 54 anos, mora na comunidade e, depois de assistir a chamada na televisão para a ação social, chegou animada para fazer, pela primeira vez, o exame oftalmológico. Mais tarde, a pedido da filha, aferiu a pressão e fez a medição de glicose.

 

 

- Adorei saber desse evento aqui, dentro da minha comunidade, mais prático e rápido, impossível - disse, satisfeita. 

 

 

A apresentação da ginástica artística foi um show à parte. O grupo, formado por 12 meninas, com idades entre cinco e 18 anos, encantou a todos. Stephany Lima, de 18 anos, pretende seguir a mesma carreira da professora:

 

 

- Quero me formar em educação física e me especializar em dança.

 


A mascote do grupo, Manuela Carvalho, 5 anos, faz parte do grupo de dança e diz que adora dançar e que está muito contente em participar da equipe. Durante o exame odontológico, o que mais chamou a atenção de Maria Isabel Santos, 5 anos, foi saber que colocaria flúor nos dentes:

 

 

- A dentista me disse que não dói e que isso vai fazer meus dentinhos ficarem mais fortes. Não tenho medo.

 

 

Houve, também, inscrição para o Benefício de Prestação Continuado (BPC) para idosos; mostra de vídeo sobre a campanha de combate à violação dos direitos da criança e do adolescente (trabalho infantil/prostituição infantil); e apresentação do programa "Casa da Mulher Carioca", com distribuição de material informativo para incentivar as mulheres a denunciarem seus agressores, entre outros serviços.

 

 

Também foram promovidos serviços de convivência com moradores e orientadores sociais, oficinas e apresentação cultural de ginástica artística, além de atividades lúdicas e recreativas para crianças e jovens e idosos.


Imagens relacionadas:










Serviços Serviços