Secretaria Municipal de Cultura - SMC
Conselho Municipal de Cultura elege novos membros

06/10/2016 07:05:00


 

Ontem (5), no Centro Municipal de Artes Calouste Gulbenkian, foram realizadas as eleições para o preenchimento das dez vagas disponíveis do atual mandato do Conselho Municipal de Cultura.

Ao todo, foram 91 votos, sendo 77 para o segmento social e 14 para a área cultural. Estiveram presentes 22 eleitores que, entre os 12 candidatos concorrendo as vagas como titular e suplente, elegeram 10 novos conselheiros da sociedade civil para as seguintes vagas:

- Artes Visuais (suplente) - Olínio Gomes Paschoal Coelho;

- Literatura (suplente) - Gustavo Guenzburger;

- Economia da Cultura: Movimento dos trabalhadores em cultura (suplente)  - Teófilo Pereira de Lima;

- Movimento Social de Identidade: etnias indígenas e afro-brasileiras (suplente) - Selma Teixeira Candeia;

- Movimento Social de Identidade Sexual: gêneros, transgêneros e orientação sexual (titular) - Bianca Moura Wild;

- Movimentos de Faixas Etárias: Infância, Juventude de Idosos (suplente) - Fabiana Cândido da Silva;

- Comunicação Social (suplente) - Ana Karenina Riehl;

- Territorialidade: Áreas de Planejamento (suplente) - Cláudio Prado de Melo

O Conselho Municipal de Cultura conta com representantes voluntários de doze linguagens artísticas, que compartilham seis vagas, sendo uma para Conselheiro titular e uma para Conselheiro suplente, entre linguagens artísticas afins: cultura popular e artesanato; artes visuais e audiovisual; patrimônio cultural e literatura; teatro e música; dança e circo; design e cultura urbana.

No segmento social também são doze vagas compartilhadas entre as seguintes áreas: economia da cultura e movimentos dos trabalhadores em cultura; expressões culturais de pessoas com necessidades especiais e movimentos de faixas etárias (infância, juventude ou idoso); comunicação social e economia criativa; representantes de territórios e representantes de áreas de planejamento; folclore e escolas de samba/ blocos de carnaval.

No primeiro ano de mandato, a linguagem que, na eleição, tiver obtido mais votos dentro da vaga compartilhada será a titular, representando os interesses e demandas das duas categorias. No segundo ano de mandato, a titular passa a ser suplente. Assim, a dinâmica permitirá uma interação maior entre as linguagens e um intercâmbio entre áreas afins no biênio. A gestão eleita do Conselho Municipal de Cultura permanece até março de 2018, quando acontece nova eleição.

Confira abaixo a publicação do Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro:


Arquivos relacionados:
  » D.O._06-10-2016.pdf -   - 




Serviços Serviços