Dia 16/8, Escola da Prefeitura recebe a imortal Ana Maria Machado em evento pré-Bienal

14/08/2019 17:30:00


Em 40 anos de carreira, a escritora já publicou mais de 100 livros e vendeu mais de 20 milhões de unidades

O projeto Bienal nas Escolas será encerrado nesta sexta-feira, 16/8, com chave de ouro. Com mais de 100 livros publicados e 20 milhões de unidades vendidas, a escritora e imortal da Academia Brasileira de Letras, Ana Maria Machado, visitará a Escola Municipal Domingos Bebiano, em Inhaúma, às 10h, para falar sobre seus livros infantis. Esta é uma ação inédita da Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Bienal Internacional do Livro que tem proporcionado uma experiência única para estudantes da Educação Infantil ao Ensino Fundamental. A autora, ex-presidente da ABL e ocupante da cadeira nº 1 da Academia, vai levar o encanto de histórias como “Menina bonita do laço de fita”, “Caro professor” e “Gente bem diferente” para 150 alunos de 4 a 10 anos de idade da escola da Prefeitura do Rio e discutir a temática de suas histórias e a importância da leitura para a vida. A escritora já publicou livros em 26 países.

Consagrada por sua sensibilidade e por dar voz às crianças em suas histórias, Ana Maria Machado abandonou o jornalismo ainda na década de 1980 para se dedicar à sua paixão: escrever livros. Sua trajetória alcançou feitos incríveis e a colocou no patamar de uma das escritoras mais lidas e adquiridas pelas escolas do país. Agraciada em 2000 com o prêmio Hans Christian Andersen - o Nobel da literatura infantil no mundo - e com outros mais, Ana Maria Machado conquistou vaga na Academia Brasileira de Letras, onde alcançou também o maior prêmio literário nacional, o troféu Machado de Assis, em 2001. Dentre sua vasta obra, destacam-se, ainda, "Bia Bia, Bisa Bel", "As viagens de Marco Polo" e "Gente, Bicho, Planta: O mundo me encanta", além dos já citados acima.

Bienal nas Escolas

A Bienal propriamente dita só acontece entre os dias 30 de agosto e 8 de setembro no Riocentro. Mas, antecipadamente, a rede municipal de ensino está recebendo escritoras renomadas. De forma inédita, cinco escritoras confirmadas para o evento estão visitando as escolas da Prefeitura do Rio para falar sobre a importância da leitura, divulgar suas histórias e motivar estudantes e professores a participarem do maior evento literário do país.

No último dia 8/7, quem abriu a jornada literária foi a jornalista e escritora Miriam Leitão. Especialista em economia, Miriam mudou o discurso habitual para conversar com crianças do Espaço de Desenvolvimento Infantil Eu Sou, na Praça Seca, sobre seu livro infantil “A vida perigosa dos passarinhos”, uma fábula pela preservação dos animais e do ecossistema. No dia 11/7, a autora Thalita Rebouças conversou com jovens da Escola Municipal Bernardo de Vasconcelos, na Penha, sobre a temática de suas histórias e premiou a melhor redação baseada em seus livros. Depois, a atriz mirim e escritora de apenas 14 anos Letícia Braga, que estrelou os dois filmes da série “DPA – Detetives do Prédio Azul” foi na Escola Municipal Epitácio Pessoa no dia 5/8 para falar sobre seus livros. Já no último dia 13/8, a jornalista e influenciadora digital Nathalia Arcuri discutiu sobre finanças pessoais com os estudantes ensinadas nem seu canal no Youtube e em seu livro homônimo, “Me Poupe”. Agora é a vez da escritora Ana Maria Machado.

Para a gerente de leitura da SME, Carla Celestino, aproximar os autores dos estudantes é mais uma ação que vai potencializar a paixão pelos livros no coração dos estudantes da rede municipal.

— Ações como essas possibilitam a aproximação dos alunos com o universo literário, com autores, ilustradores, profissionais da área cultural e suas obras, favorecendo não somente o acesso ao livro e a literatura, mas também a promoção da leitura e a formação do leitor.

A SME na Bienal do Livro 2019

Além do projeto inédito Bienal nas Escolas, a Secretaria Municipal de Educação promove, tradicionalmente, a visitação de alunos da rede ao evento e adquire títulos para compor o acervo das 1.540 unidades escolares do município. Também recebem obras diversificadas o Centro de Referência de Educação de Jovens e Adultos, o Instituto Helena Antipoff, a Escola de Formação Paulo Freire, a Sala de Leitura Lourenço Filho, que funciona no prédio central da Prefeitura do Rio, e as 14 Bibliotecas Escolares Municipais distribuídas por todas as regiões da cidade.

Durante o evento, o estande da Secretaria Municipal de Educação vai expor os trabalhos de leitura das unidades escolares. Os alunos que visitarem a Bienal também poderão usar o voucher de livro distribuído na entrada da feira com um título selecionado pela secretaria neste espaço. 




56_INSTANCE_en5I 56_INSTANCE_en5I p_p_id_56_INSTANCE_en5I_


Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro - Rua Afonso Cavalcanti, 455 - Cidade Nova - 20211-110