Secretaria Municipal de Cultura - SMC
RIOFILME É HOMENAGEADA NO GRANDE PRÊMIO DO CINEMA BRASILEIRO

06/09/2017 13:49:00


 
Os 25 anos de serviços prestados pela Riofilme ao cinema brasileiro foram celebrados na noite do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, realizado nesta terça, dia 05 de setembro. A 16ª edição do prêmio teve direção da artista multimídia Bia Lessa, que transformou o palco do Theatro Municipal em uma grandiosa tela de cinema.
 
A secretária municipal de cultura, Nilcemar Nogueira, e o presidente da Riofilme, Marco Aurélio Marcondes, subiram ao palco do templo maior da arte brasileira para juntos agradecerem à Academia Brasileira de Cinema, realizadora da festa. Nilcemar destacou as ações implementadas na entidade. "Tão logo assumi a Secretaria de Cultura, uma das primeiras tarefas foi reposicionar a Riofilme. Como gestora, entendo que a nossa missão é contribuir para o engrandecimento do audiovisual", disse. Emocionado, o presidente da Riofilme, Marco Aurélio Marcondes, agradeceu à Academia e declarou que "as portas da empresa estão abertas a todos, sem qualquer distinção", e lembrou grandes nomes que passaram pela entidade, como o ex-presidente José Wilker. 
 
Além da Riofilme, outros homenageados da noite foram os atores Helena Ignez e Antônio Pitanga. A Cinemateca Brasileira e a rede de cinemas Kinoplex também receberam prêmios especiais. A noite também foi de muita comemoração para o filme Aquarius, que conquistou dois importantes prêmios: melhor longa de ficção e melhor direção (Kleber Mendonça Filho). Já o filme Elis arrebatou nada menos que oito premiações, entre elas o de melhor atriz e melhor figurino. Confira a relação dos premiados da noite.
 
 
 
Melhor Longa-metragem de Ficção:
"Aquarius" de Kleber Mendonça Filho
 
Melhor Curta-metragem de documentário:
Buscando Helena, de Ana Amélia Macedo e Roberto Berliner
 
Melhor Curta-metragem de ficção:
O Melhor Som do Mundo, de Pedro Paulo de Andrade
 
Melhor Curta-metragem de animação:
Vida de Boneco, de Flavio Gomes
 
Melhor Figurino:
Cristina Camargo por "Elis"
 
Melhor Maquiagem:
Ana Van Steen por "Elis"
 
Melhor Efeito Visual:
Marcelo Siqueira por "O Pequeno Segredo"
 
Melhor Som:
JORGE REZENDE, ALESSANDRO LAROCA, ARMANDO TORRES JR. e EDUARDO VIRMOND LIMA por Elis
 
Melhor trilha sonora:
Mateus Alves por "Aquarius"
 
Melhor Trilha Sonora Original:
Otavio de Moraes por "Elis"
 
Melhor Direção de Arte:
Frederico Pinto por "Elis"
 
Melhor Montagem de Ficção:
Tiago Feliciado por "Elis"
 
Melhor Montagem de Documentário:
Renato Vallone por "Cinema Novo" - Coprodução do Canal Brasil
 
Melhor Roteiro Original:
Domingos Oliveira por "BR716" e Gabriel Mascaro por "Boi Neon"
 
Melhor Roteiro Adaptado:
"Minha Mãe É uma Peça" e "Big Jato"
 
Melhor Ator Coadjuvante:
Flavio Bauraqui por "Nise - O Coração da Loucura"
 
Melhor Ator:
Juliano Cazarré por "Boi Neon"
 
Melhor Atriz:
Andrea Horta por "Elis"
 
Melhor Roteiro Adaptado:
"Minha Mãe É uma Peça" e "Big Jato"
 
Melhor Direção:
Kleber Mendonça Filho por "Aquarius"
 
Melhor Longa-metragem de Ficção:
Boi Neon, de Gabriel Mascaro
 
Melhor Longa-metragem de Ficção (Voto Popular):
Boi Neon, de Gabriel Mascaro
 
Melhor Longa-metragem Documentário (Voto Popular):
Menino 23 - Infâncias Perdidas
 
Melhor Longa-metragem estrangeiro (Voto Popular):
Garota Dinamarquesa
 
Menção Honrosa - Melhor longa-metragem Infantil:
Carrossel - O Sumiço de Maria Joaquina
 
Melhor Longa-metragem de Comédia:
O Shaolin do Sertão, de Halder Gomes
 
Melhor Longa-metragem estrangeiro:
A Chegada, de Dennis Villeneuve
 
Melhor Longa-metragem documentário:
"Cinema Novo" de Eryk Rocha e "Menino 23 - Infâncias Perdidas no Brasil" de Belisário Franca
 
 
 
       



Serviços Serviços